Cinco séries para ver na quarentena - Parte 2

Se você perdeu a primeira parte das indicações, clique aqui. ;)

Os Normais (Globoplay)
A única série nacional nessa lista, Os Normais é uma válvula de escape perfeita para os tempos atuais. Lançada em junho de 2001, a série escrita por Fernanda Young e Alexandre Machado acompanha Rui e Vani, noivos há sete anos, mas ainda não se casaram. Com os mesmos gostos e neuroses, o casal briga constantemente por ciúmes e problemas diários. Apesar disso, Rui e Vani ainda se consideram um casal normal.

Uma nova geração acabou abraçando Os Normais depois que a série se tornou meme na internet, mas muita gente não deve ter visto a série inteira. Como é uma produção da Globo, todos os episódios estão disponíveis na Globoplay.
Foto: Globo
Will & Grace (Globoplay e Prime Video)
Outra série que também está no Globoplay é Will & Grace, criada por Max Mutchnick e David Kohan. Situada em Nova York, o programa foca na amizade entre os melhores amigos Will Truman e Grace Adler. Apesar de críticas iniciais sobre o retrato estereotipado de personagens, a série se tornou uma referência muito importante para educar o público norte-americano. Prova disso, é que o Smithsonian Institution adicionou uma coleção da história LGBT ao museu e incluiu itens da série. 

No total, Will & Grace tem 11 temporadas, mas a série não está disponível inteira no Brasil. A dica é assistir no Globoplay, já que o serviço de streaming brasileiro tem dez temporadas, enquanto o Prime Video tem oito.
Foto: NBC
Penny Dreadful (Globoplay)
Gosta de terror e fantasia? Então, Penny Dreadful é a série para você. Originalmente exibida pela HBO no Brasil, mas atualmente está no catálogo da Globoplay. Criada pelo roteirista John Logan, a série entrelaça as origens de vários personagens famosos da literatura de terror. Então tem Dr. Victor Frankenstein, Dorian Gray, Van Helsing, vampiros, lendas urbanas e seres místicos. E todos se cruzam em uma versão da Londres vitoriana.

Penny Dreadful é uma das minhas séries favoritas e fiquei realmente decepcionada quando anunciaram o cancelamento há alguns anos. Mas veja pelo lado bom, você pode assistir todas as três temporadas sem precisar correr para se atualizar. Cada temporada tem, no máximo, dez episódios que tem entre 40 e 60 minutos, então você pode saborear essa história com calma. Falei sobre Penny Dreadful no vídeo de indicações de séries disponíveis da Globoplay.
Foto: Showtime
Família Soprano (HBO GO)
Falando em HBO GO, não posso ignorar a melhor série que já vi. Criada por David Chase, Família Soprano é um drama policial que acompanha Tony Soprano, um mafioso ítalo-americano de New Jersey que lida com as dificuldades de tentar encontrar equilíbrio entre sua vida familiar e seu papel como líder de uma família criminosa. Todas essas questões são exploradas durante sessões e terapia com a psiquiatra Jennifer Melfi.

Lançada em 1997, nunca vi uma série tão impecável na minha vida. Diferente da visão glamourizada da vida mafiosa que o cinema perpetuou, Família Soprano criou uma nova era para o gênero ao refletir sobre a vida de um mafioso que vive uma vida simples no subúrbio. Mas, além de refletir sobre a máfia em si, a série reflete sobre a cultura de consumo norte-americana e abriu espaço para uma geração de séries sobre personagens complexos. Como disse: impecável do início ao fim.
Foto: HBO
Sal, Gordura, Acidez e Calor (Netflix)
O último dessa lista é uma série também é uma série sobre comida, mas tem muito coração. Baseado no livro homônimo de Samin Nosrat, Sal, Gordura, Acidez e Calor é dividida em 4 partes e apresentada pela própria autora. Cada parte explora cada um dos elementos presentes no título, mas essa não é uma simples série sobre eles elementos na comida.

Misturando a introdução à culinária e turismo culinário, Nosrat foge dos grandes chefes conhecidos ou dos restaurantes badalados e foca nos cozinheiros anônimos ou domésticos. Além do próprio amor pela comida, existe o amor por fazer a comida e conhecer a importância daquele alimento em uma sociedade ou em um núcleo familiar. A série é doce e Nosrat tem o sorriso mais contagiante que já vi na vida. Falei sobre Sal, Gordura, Acidez e Calor em um vídeo de indicações de séries culinárias disponíveis na Netflix.
Foto: Netflix